Inscrições para o SISU | O SISU é o Sistema de Seleção Unificada, no qual os candidatos do Enem podem usar sua nota para se inscrever em cursos oferecidos por universidades e institutos federais em todo Brasil.

O período de inscrição para esse processo seletivo dura 3 dias e é possível verificar o resultado no dia seguinte ao término do período de inscrições.

Conheça mais a respeito desse programa do governo aqui:

Como funciona o SISU?

Para se inscrever no processo seletivo, o aluno deve ter feito a inscrição e realizado a prova do Enem, que é o Exame Nacional do Ensino Médio.

Esse exame consiste em uma prova na qual os conhecimentos do aluno serão avaliados em todas as áreas: ciências humanas, ciências da natureza, linguagens, matemática e redação.

Ele pode ser realizado por pessoas que já concluíram o ensino médio que possuem o objetivo de ingressar em uma faculdade ou por alunos que ainda estão estudando e querem testar seus conhecimentos.

Dessa maneira, ao realizar o Enem, o aluno possui algumas opções a respeito do que pode fazer com sua nota. Dentre elas está o SISU, que é o Sistema de Seleção Unificada.

Esse programa abre suas inscrições durante 3 dias e libera o resultado logo após o término das inscrições.

A partir dele, o aluno consegue ingressar em qualquer faculdade ou curso oferecido pelo sistema caso sua nota permita.

Como se inscrever no SISU?

Para se inscrever no SISU, o aluno deve acessar o site (https://sisu.mec.gov.br/#/) durante o período em que as inscrições estiverem abertas e se cadastrar.

Após o cadastro, o site automaticamente vincula sua nota do Enem à sua conta e desse modo consegue evitar fraudes.

Depois de estar dentro da plataforma, o aluno consegue visualizar todos os cursos e universidades disponíveis pelo programa.

Sendo assim, ele possui 3 dias nos quais as inscrições ficam abertas para escolher e trocar livremente o curso desejado.

O sistema garante a cada aluno a opção de escolher 2 cursos, que podem ou não ser da mesma instituição de ensino.

A inscrição também é dividida entre alunos de vagas de ampla concorrência e às vagas reservadas, popularmente conhecidas como cotas.

A diferença entre as opções se baseia no fato de que a primeira opção garante ao estudante a oportunidade de fazer parte da lista de espera, enquanto a segunda não.

Desse modo, após finalizado o período de inscrição, o aluno não consegue mais alterar nenhum dos cursos escolhidos.

Após a liberação dos resultados, o aluno consegue visualizar pelo site se foi aprovado na primeira chamada e caso não tenha conseguido oferece a oportunidade de participar da lista de espera da primeira opção de curso.

Portanto, a segunda opção de curso não tem nenhum valor caso não seja convocado na primeira chamada.

Apesar do interesse na lista de espera ser realizado pelo site do SISU, o acompanhamento da lista não é. Sendo assim, o aluno deve ficar atento ao site da faculdade para acompanhar as chamadas posteriores.

Caso seja convocado, deve-se atentar ao local e data da matrícula que a universidade divulga, pois caso perca a chamada não há como recuperar a vaga.

O que define a nota necessária para entrar em um curso?

A famosa nota de corte dos cursos, que é a nota mínima necessária para conseguir uma vaga, é baseada na nota dos alunos que se inscreveram.

A nota de corte que o site do SISU mostra é apenas uma média que é baseada no número de pessoas que se inscreveram para aquele curso em determinada mobilidade.

Portanto, a verdadeira nota de corte só é definida após a liberação dos resultados visto que antes disso só é possível ter noção do quão concorrida a vaga é.

Além disso, fica a critério da universidade definir se algum conteúdo terá mais ou menos peso na nota final do aluno.

Desse modo, o curso e a faculdade também podem interferir na nota do aluno.

Em 2022, o governo em conjunto com as instituições de ensino implantaram um bônus regional para os candidatos.

O que é o bônus regional e para que ele serve?

O bônus regional foi uma maneira que o governo e as universidades encontraram para incentivar os alunos a se graduarem em seu próprio estado.

Assim como o peso das notas, o bônus regional também altera a nota do aluno.

Esse peso varia de 10% a 20% dependendo da universidade e ele se aplica somente aos alunos que residem no estado da faculdade que estão fazendo a inscrição.

O bônus é calculado pelo próprio site e é aplicado sobre a nota do aluno assim que ele se inscreve para concorrer a vaga.

Até quando as Inscrições para o SISU ficarão abertas?

O período de inscrições para o SISU começou nesta terça-feira, dia 15/02, e se encerrará na sexta-feira, dia 18/02. Portanto, caso você ainda não tenha se inscrito, corra pois o período de inscrições está quase acabando.

Similar Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.